miguel (innersmile) wrote,
miguel
innersmile

inside llewyn davis

Apesar de hoje serem um dos nomes mais seguros da indústria norte-americana de cinema de entretenimento e bilheteira, os irmãos Coen conseguem continuar a fazer filmes pessoais e que, de alguma maneira os afirmam enquanto autores, e não meros artífices da indústria. Inside Llewyn Davis é um desses filmes, filmado fora dos excessos do grande espectáculo, e que se apresenta como uma reflexão sobre a auto-afirmação artistica e a via cruxis do reconhecimento (mais do que do sucesso), ao mesmo tempo que olha, com ironia e ternura, para a cena folk que emergiu em Nova Iorque, no bairro de Greenwich Village, na viragem das décadas de 50 para 60, e que iria marcar definitivamente o panorama da musica pop.

Mais do que um argumento, o filme dos Coen baseia-se numa espécie de anedota, baseada de forma muito solta, na vida, e nas canções, de Dave Van Ronk. Ao fim de uma semana de peregrinação para tentar impor as suas canções, Llewyn abandona o palco do pequeno clube que lhe dá vaga, para ser substituído por um cantor folk, de guitarra na mão e armação para harmónica pendurada ao pescoço, que canta com voz anasalada. O improvável sidekick de Llewin é um gato que, vamos descobrir no final do filme, se chama Ulisses, no que constitui uma curiosa referência para outro filme dos Coen, O Brother Where Art Thou, que era baseado na Odisseia de Homero.

Outro ponto de contacto com O Brother é o modo como os Coen tratam a música. Sem ser propriamente um musical, Inside LD faz da música um dos protagonistas maiores do filme, respeitando a sua integridade e trazendo-a constantemente para o primeiro plano da narrativa. Não admira que a produção musical do filme seja do T-Bone Burnett, que tinha colaborado com os Coen no O Brother, e que é um dos maiores músicos e produtores da cena da música popular americana.

Apesar das presenças de Justin Timberlake e da adorável Carey Mulligan, a maior parte dos actores não são grandes estrelas, nomeadamente o Oscar Isaac no papel do protagonista, o habitual John Goodman ou, numa aparição breve, o F Murray Abraham.
Tags: cinema
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    default userpic
    When you submit the form an invisible reCAPTCHA check will be performed.
    You must follow the Privacy Policy and Google Terms of use.
  • 2 comments