miguel (innersmile) wrote,
miguel
innersmile

estamos em lados errados

Estamos em lados errados
E vemo-nos apenas das extremidades opostas
Um do outro
Tu
Afagas-me com uma beleza inacessível e abandonada
E eu
Seco como um pano amarrotado
Não tenho o que te quero dar

E vivemos assim desencontrados
Cada um no avesso insuspeito do outro
Separados por um negrume espesso e vazio
Vivemos assim, e por isso condenados
Alheios ao sangue que escorre nas veias de outro corpo

E mesmo quando por acaso nos encontramos
Nem sequer nos tinge a ligeira suspeição
De que não somos mais que uma
Trágica e maldita coincidência
Tags: poemas
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    default userpic
    When you submit the form an invisible reCAPTCHA check will be performed.
    You must follow the Privacy Policy and Google Terms of use.
  • 36 comments
Previous
← Ctrl ← Alt
Next
Ctrl → Alt →
Previous
← Ctrl ← Alt
Next
Ctrl → Alt →