miguel (innersmile) wrote,
miguel
innersmile

o limerick do peixinho prata

E pronto, este é o último de uma série de limericks que fiz de rajada. Foi feito durante uma reunião de serviço para a colega que estava sentada à minha frente. Claro que no fim lho li, ela riu-se e tal, mas pareceu-me que não achou grande piada. Pudera, não é?


Não há em Coimbra assim tantas damas
Que sejam mais belas e com melhores mamas
Seu colo é um mar
Que eu quero nadar
Qual peixe de prata, de brilhantes escamas.
Tags: bagatelas, limerick
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    default userpic
    When you submit the form an invisible reCAPTCHA check will be performed.
    You must follow the Privacy Policy and Google Terms of use.
  • 12 comments