miguel (innersmile) wrote,
miguel
innersmile

on the road

Ok, chegou a hora de confessar uma daquelas coisas que um tipo até tem vergonha de admitir, mas lá vai: eu nunca li o On The Road, do Jack Kerouak! E nem adiante elaborar os porquês da coisa, pronto, ficamos assim. Não sei como é que esta falha influenciou o meu olhar para o filme que o brasileiro Walter Salles fez a partir do livro; de qualquer das maneiras, gostei de ver o filme, apesar de achar que de algum modo ele ficou fora das personagens, da pulsão que as animava. Também não sei se contar hoje aquela história consegue entregar de forma intacta a pureza da sua chama.

Mas o filme, na minha opinião, vale por si, pela história que nos quer contar e pelos impossíveis fascínios que a compõem. Além disso tem um inegável peso cultural, é um filme a não perder por quem gosta de livros e dos seus escritores. E tem actores belíssimos, daqueles que nos levariam para casa no fim do filme, e sobretudo três vozes, mais do que os rostos os corpos que lhe dão matéria, que são irresistíveis, as de Sal, Dean e Bull, que acreditamos serem como que ressonâncias das vozes das pessoas que inspiraram essas personagens.
Tags: cinema
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    default userpic
    When you submit the form an invisible reCAPTCHA check will be performed.
    You must follow the Privacy Policy and Google Terms of use.
  • 4 comments