miguel (innersmile) wrote,
miguel
innersmile

aprés-midi

Estou numa reunião no terceiro andar do edifício. Pela janela fechada chega-me o som do motor de um cortador de relva, a trabalhar lá em baixo, no rés do chão, na estreita faixa ajardinada que separa o prédio da rua. Chega-me o odor, subtil mas perceptível, da relva cortada. Passados uns momentos, o barulho deixa de se ouvir, e o odor desaparece.

Era mesmo o cheiro de relva cortada que eu sentia, ou apenas a sua sugestão, provocada pelo ruído da máquina?
Tags: caro diario
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    default userpic
    When you submit the form an invisible reCAPTCHA check will be performed.
    You must follow the Privacy Policy and Google Terms of use.
  • 1 comment