miguel (innersmile) wrote,
miguel
innersmile

two lovers

Em Two Lovers James Gray faz, de certa maneira, o que já tinha feito com We Own The Night: utiliza as convenções do género (agora é o melodrama) para conseguir penetrar fundo na história e nos seus personagens. O objectivo é revelar, sem contudo iluminar, essa zona particularmente sombria que é a dos sentimentos, e que é tão difícil de filmar, ao menos com a conta, peso e medida que reclamam.

O resultado é um filme pungente sobre o desamparo humano, em que a única coisa que salva as personagens é serem verdadeiras consigo próprias. Por isso sentimos uma espécie de alívio quando Leonard, no fim, como que escolhe a única opção que lhe resta. É, apesar disso, ou por causa disso mesmo, um final feliz tristíssimo, magoado: a Leonard, uma vez que lhe é negado o absoluto, o sublime, resta refugiar-se numa zona de conforto onde a tristeza tem um sabor mais doce e aconchegado.

Para a intensidade do filme contribuem, para além da óbvia maestria do realizador, os actores. Se a Gwineth Paltrow parece nunca conseguir sair da segurança do tom justo, já o regresso da Isabella Rosselini é esplendoroso: com um mínimo de recursos, e uma presença no ecrã sempre breve, a actriz consegue compor uma das personagens mais determinantes e reveladoras do filme. Mas é a Joaquin Phoenix que cabe o prodígio de explicar, encarnando, a delicadeza e a pungência deste melodrama. Há uma verdade no seu desempenho que torna quase despudorada esta coisa de olhar para ele, quase como se estivéssemos a ver o que não devia ser visto, uma ferida intima que deveria ser de todo preservada dos olhares alheios. Se é verdade que JP não faz mais filmes, o que lastimo sinceramente, pois é um dos meus actores preferidos, então esta é bem capaz de ser a sua melhor interpretação de sempre.
Tags: cinema
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    default userpic
    When you submit the form an invisible reCAPTCHA check will be performed.
    You must follow the Privacy Policy and Google Terms of use.
  • 4 comments