?

Log in

No account? Create an account

Previous Entry Share Next Entry
voa, vai
rosas
innersmile
This is just to say
que já cá voam em casa duas andorinhas Bordalo Pinheiro, daquelas muito kitsch (peri kitsch, como diria o poeta Alexandre), como havia em casa dos avós. Eisias:



E em close-up (Mr. DeMille):



  • 1

Que lindas. :') Eu ainda não comprei as minhas. :/

eu que moro mais longe antecipei-me :)
mas quando te disse que tinha de as ter, era porque tinha mesmo ;)

LOL tb tenho duas. mais velhas que eu :D

as minhas são novas. as da casa da minha avó foram nacionalizadas :)

Que pena ele não ter feito borboletas, (fiz uma tatuagem na perna em Nov)...
e a fábrica sempre tem futuro? ou foste aos "despojos do dia"?
Também gosto de andorinas, a pilrar na primavera
Beijokas, th

eu adoro andorinhas. adoro a frase 'andorinha de asa negra'

Em casa da minha mãe, aqui na Ericeira, há dois pares. O mais engraçado é que estão penduradas como as tuas - um par em cada lado da porta do terraço.

Tongzhi

eu primeiro pensei pôr na varanda, mas como nunca sabemos quem frequenta as nossas varandas, decidi pô-las mesmo dentro de casa.

Gosto tanto :)
Onde posso comprar coisas destas?


Na Casa Portuguesa no Chiado.

é mais A Vida Portuguesa. e eu sei porque foste tu quem me ensinou :)

também há nas feiras (e concerteza por um quinto do preço) mas não sei se serão bem iguais. estas têm griffe :)


É isso, lol. Eu troco-lhe o nome e chamo-lhe sempre Casa Portuguesa. :P

Já as vi por aí mas nunca estiveram associadas a niguém que conhece-se pessoalmente penso eu! Passaram ao lado de família e amigos as andorinhas kitsch, lol!

FélixP

eheh, estás sempre a tempo de arranjar as tuas próprias andorinhas kitsch :)

Quem bem ficam, a voar do canto da porta para o canto do tecto (de "V" para "V" como os dos caudas delas). Têm ar de estarem a gostar do voo na casa nova. Parabéns aos três.

Oh, que lindo.
As andorinhas fazem seus ninhos tão pequeninos, era assim que começava uma lição do meu livro da primeira classe.

Lili, lembro-me de um poema do Afonso Lopes Vieira, acho eu, que vinha sempre nos livros de leitura (que se chamavam 'selectas', lembras-te?) e que começava assim:

Os passarinhos
Tão engraçados
Fazem os ninhos
Com mil cuidados.


Ah, claro que era a esse que eu me referia, só que não tenho a tua memória prodigiosa.

Chamavam-se selectas literárias e uma, a do ano lectivo de 60/61, do liceu Camões, e que pertencia a um primo meu, foi lida por mim centenas de vezes.

a memória não é má, mas tem muitas ajudas, Lili.


Amei-as!
É sempre tão bom coisas que nos lembrem os avós... impagáveis recordações.

Senti sua falta. ***

querida Lise, diz-se por cá que uma andorinha não faz a primavera, mas no teu caso, faz sim, quando tu apareces por aqui é sempre primavera. beijos grandes

:)

Conheço o ditado, por aqui dizemos que uma andorinha voando sozinha não faz verão.
Adorei a analogia.
Já podes me visitar, voltei. ;) ***

  • 1