?

Log in

No account? Create an account

Previous Entry Share Flag Next Entry
madrugadas que estavam no caminho da praia
rosas
innersmile


INSÓNIA

No escuro do cérebro com um único pássaro
acordado e a cantar para mim, aqui,
onde não tenho nada para trocar pelo corpo
sob esta dor e outra dor ainda,
até onde as mães acabam e nós principiamos
ou talvez antes (e porque não muito antes?)
apesar de tudo aqui ou só no pássaro ou
em seu excesso de cantar-se entre as sombras
do cérebro – subitamente encontro laranjas maduras,
o meu primeiro relógio, as madrugadas que estavam
no caminho da praia, e Octávia a sair
da minha adolescência, com Alzira atrás,
o rio Incomati depois da escola, depois
dos meus amigos negros Zefa, Fabião,
onde já não deve estar Vicente nem sua perna cortada
nem sua reforma ainda mais escassa.

E há fileiras de noites e são
intensas e abrem apenas
umas para as outras.


- Victor Matos e Sá, COMPANHIA VIOLENTA


  • 1
Abraço.
Pinguim

Incomati?
Vicente de perna cortada?
Mas deixemos esse incomensurável sofrimento, de reforma sempre escassa.

Hoje, não consegui encontrar O Pico da Micaia. A Oficina do Livro não tinha.
E ontem, estive na Bertrand que por certo teria. Mas eu ia tão desaustinada que até comprei a TVguia e a perdi entre a porta da livraria e a porta do prédio ao lado - e nem dei por isso!
Escusado será dizer-te que nunca tinha comprado uma TV guia.
São dias.

o livro é da Assírio & Alvim, se ajuda alguma coisa. quanto à TVGuia, nada contra, desde que se veja televisão :)

A Oficina do Livro sabia tudo, só não tinha o livro _ esse o azar!
Mas amanhã vou à Bulhosa e devo encontrar. Estou mesmo curiosa para o ler.

Espero que a tua mãe já tenha recuperado e que estejas menos «sufocado». Aqui sou eu a causadora dos sufocos!

Abraço!

  • 1