?

Log in

No account? Create an account

Previous Entry Share Next Entry
notas
magical
innersmile
notas para futuros posts

1. como falar de My Blueberry Nights? parece-me de alguma maneira um filme mais fácil do que os restantes de Wong Kar Wai, nomeadamente os da dupla In The Mood for Love e 2046. mas isso significa necessariamente que seja pior? não acho. acho um filme muito lírico, e que, como nos outros filmes do autor, procura as marcas distintivas da pulsão (ou mesmo da possibilidade) amorosa na forma: na arquitectura, na geografia, nos rostos, no decor, na música, na fotografia. Ou seja, no enquadramento, no plano, na sequência. e isso é cinema.

2. o innersmile passou por uma crise, senti algumas vezes vontade de o fechar por achar que tinha deixado de fazer sentido, mas como sempre foi só questão de me sentar e esperar que a vontade passasse. volto a ter vontade de escrever a torto e a direito.

3. falar da primavera de 1984, do hospital de Londres, de Douglas e do Manchester United. fiquei contente por ter ganho a Champions, mas foi um jogo fabuloso, ambas as equipas tinham merecido vencer. dizer que sou fã do carlos queirós.

4. os dias vividos sob o signo do livro de joan didion, ou seja, do sentimento de perda, do sofrimento, da dor. reconhecer no livro as minhas maneiras de lidar com a dor, e sobretudo os meus exercícios de simulação daquelas perdas que me aterrorizam. não estou propriamente deprimido, acho eu, mas estou completamente dominado pelo medo de que vou perder as pessoas que mais amo e como é que vai ser a vida depois disso, como é que vou conseguir lidar com a necessidade de arrumar as vidas, encerradas para mudança de ramo, liquidação total. e com a minha própria morte. o que vai acontecer às minhas coisas depois de eu morrer, como é que esta casa se vai esvaziar?


  • 1
Há 'blogs', como o meu actual, que não fazem falta alguma. Este FAZ.
Viva a passagem da crise!,
beijo,
IO

não digas isso Chuinga, os teus blogs são sempre imprescindíveis.
bjs

2. yay!
3. Também torci pelo ManU mas o Chelsea jogou muito melhor. Já não há muitos futebolistas como o Terry :').

eheh durante a maior parte do jogo eu estava naquela de querer que qualquer uma marcasse, vibrava de cada vez que uma das equipas subia. foi um jogão.
e bastava aquele corte à frente da baliza para o JT ser o homem do match :)

É bom haver ideias e quando as não há, saber esperar por elas.
Abraço do pinguim

já devia saber que assim é, mas às vezes canso-me de esperar ;)
abração, meu caro

podia comentar o 2, o 3 mas prefirocalar deixar uma "nota" no 4: sabes, "nós já vivemos cem mil anos, encosta-te a mim"

comenta-me sempre, não aos textos mas a mim.

  • 1