miguel (innersmile) wrote,
miguel
innersmile

khan al-khalili

Que coisa mais triste. Ontem houve um atentado no Cairo, morreram duas pessoas e ficaram feridas vinte. Segundo os relatos que eu li, o atentado ocorreu em Khan al-Khalili, um bazar no bairro islâmico, que se estende por um quarteirão de ruas estreitas e apinhadíssimas de lojas e turistas. Há menos de duas semanas, andei a passear pelo bazar e estive na esplanada de um café, logo no princípio de uma das ruas principais do bairro, a beber chá.
Não faz, naturalmente, sentido ter medo com efeitos retroactivos Mas fiquei impressionado, sobretudo porque me lembrei do ambiente trepidante e descontraído que se respirava nas ruas do bazar, e, quando um lugar está assim fresco na nossa memória torna-se ainda mais difícil imaginar o que será um clima de pânico e caos num sítio a que associamos uma sensação de bem-estar e divertimento.
Uma das coisas que me fez um bocado de confusão, foi o clima de aparente, e falsa, segurança que se vive por todo o Egipto. Tipos armados por tudo quanto é local, não é um por esquina, é pior, um de trinta em trinta metros, viagens entre cidades feitas em caravanas com protecção policial, detectores de metais em todas as entradas, dos hotéis, dos restaurantes, dos monumentos, dos museus. Mas logo percebemos que esse clima de segurança é apenas aparente, muito, na minha opinião, para turista ver, nada daquilo era muito levado a sério. Por exemplo, os detectores de metais fartavam-se de apitar e ninguém revistava nada, o pessoal passava todo, com os sacos, com tranquilidade e a despachar que a fila era longa!
Tags: viagem
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    default userpic
    When you submit the form an invisible reCAPTCHA check will be performed.
    You must follow the Privacy Policy and Google Terms of use.
  • 7 comments