?

Log in

No account? Create an account

Previous Entry Share Next Entry
(no subject)
rosas
innersmile
Há muitos anos mesmo que eu não me lembrava de ter uma gripe tão forte e medonha como esta. Uma verdadeira devastação. Dois dias inteiros com febre acima dos 39 graus, caraças, ia morrendo. Claro que aos primeiros sinais da gravidade eminente, alcei para casa dos meus pais, sempre é bom ter quem nos faça uma chávena de chá, e morrer sozinho de convulsões febris é preocupante. O resultado brilhante é que menos de vinte e quatro horas depois e minha mãe já estava contaminada, ainda com mais violência (virulência é a expressão!) do que eu, de modo que o fim de semana foi amenamente passado num cenário tipo “Cocoon meets MASH”.
Hoje, a coisa que mais me estava a apetecer era levantar-me às oito para vir trabalhar, sobretudo porque metade do meu corpo, e a quase totalidade das suas reservas, volatilizaram-se desde quinta-feira (é verdade, nem tudo é mau, já peso novamente abaixo dos cem quilos), e o pouco que me resta de massa corporal só estava bem era profundamente sedado.
Na quarta-feira, antes de sair, estive a fazer um texto sobre o facto de andar a ponderar a possibilidade de aderir a um partido político. Como não tenho a certeza de a febre não ter sido uma reacção violentíssima a essa possibilidade, a primeira coisa que fiz hoje quando abri o computador, foi apagá-lo. Como diziam os outros, ‘eu cá não sou supersticioso, mas o pai dela dá-me azar’.
E pronto, não sei será mesmo um verdadeiro ‘back in business’, mas cá estamos.


  • 1
Votos de uma total recuperação rápida. Lol, vês no que dão os maus pensamentos? tu a ponderares entregares-te ao dark side e eis que o teu corpo reagiu, avisando-te. A natureza é uma coisa muito linda ;)

a ana teresa é linda sim :)

mas conseguias descobrir um partido onde te apetecesse filiar?
:O

O_o

só se punha a questão em relação a um. felizmente não passou tudo de um produto do delírio febril (não confundir com o delírio fabril, que, naturalmente, tem mais a ver com os partidos operários)

LOL

mas tu mesmo doente és extraordinário :D

por acaso até sou um bocado hipocondriaco, por isso nem é muito extraordinário estar doente ;)

Tu agora come muitas laranjinhas e mete-te bem ao quentinho nos próximos dias *

ó minha querida, mas elas agora estão a cair de podres... posso trocar por tangerinas (oh myy darling clementine)?

Votos de melhoras e Boas Festas e Afins :o)

e votos melhores também, lá para fevereiro ;)

muito obrigado, acho que esta já está liquidada :)

As melhoras!!! :)*****

O sitema político está tão mau que provoca estes efeitos perniciosos em quem pensa poder reformar o sistema!

Acho que só vai a lança-chamas ;)


As melhoras pá!

a ideia do lança-chamas é sedutora e graciosa :)

abraço

Continuação de rápidas melhoras!

****************

já tá (quase) bom

obrigado :)

Tomara que você já esteja melhorzinho, amigo querido! Mil beijos!

how sweet :')

já tá praticamente de regresso à normalidade (o que não significa, necessariamente, que esteja melhor, diria o espírito analítico do Sr. Felício)

Espero k estejas melhor!

Um asterisco grande para ti *

eu acho que estou, por isso é melhor nem perguntar nada ao médico não vá o tipo querer entreter-se... ;)

Fica bem, meu lindo! E mantém-te longe dos partidos: fazem muito mal à saúde... ;)

beijos,
V.

o departamento de saúde mental adverte: a militância partidária prejudica gravemente a saúde

beijos, Val

Feliz Natal&Ano Novo!
beijão
V.

Bem podias ter avisado. Não tinha custado nada fazer-te o chá. Também te ajeitava a dobra do lençol. Cá pra mim, o que querias mesmo, mesmo, mesmo... era colo.
Reúne lá a ossada e deixa-te de tretas. Agora isso é mimo puro e duro. TOMA!
Abraço

e eu que recolhi ao lar paterno por falta de cuidados domiciliários de enfermagem. soubesse eu que tu eras diplomado, e ter-me-ia posto inteiramente nas tuas mãos.

é mimo poix :)

  • 1