?

Log in

No account? Create an account

breve
rosas
innersmile
Vou brevemente fazer mais uma cirurgia. Vai ser uma cirurgia muito radical, por ser uma cirurgia major, mas sobretudo porque vai significar uma alteração muito grande, desmesuradamente grande, na minha vida, tornando o meu futuro numa enorme, e um pouco assustadora, incógnita.

No passado dia 9 fez um ano que fui sujeito a uma nefrectomia, à esquerda, e agora vou fazer outra, ao rim direito. Ou seja, vou ficar sem rins, o que significa que vou ter de fazer hemodiálise. Estou preocupado com a cirurgia e com o período pós cirúrgico. Mas estou principalmente apreensivo com o que vai acontecer a seguir. Com a forma como me vou adaptar à diálise, como o meu corpo vai reagir aos tratamentos. E também com as alterações que o meu modo de vida vai ser condicionado pela necessidade de fazer diálise.

Agora que sei a data da cirurgia, a angústia e o medo são maiores, e mais concretos. Crescem a cada dia. É uma contagem decrescente em termos de tempo, mas crescente em termos de preocupação. Tenho de me esforçar por me distrair com outras coisas, porque quando começo a pensar muito no que se vai passar, o meu peito quase rebenta de angústia e de ansiedade.