?

Log in

No account? Create an account

abide my time
rosas
innersmile
O passado já passou mas há cicatrizes que, depois da queimadura da ferida, guardamos com um certo sentido de beleza.

Mesmo quando, entre o passado que passou e aquele que ainda está a passar, muita água tenha já corrido sob a ponte, água tumultuosa, escura e profunda, densa e dura.

Como uma canção que conhecemos e amamos desde sempre, e da qual, um dia, na primavera, de maneira inesperada, solar e precisa, descobrimos o verdadeiro sentido.

Como se sempre tivesse estado à nossa espera, aguardando o momento em que a canção e a nossa vida se encaixassem na perfeição.

E que de vez em quando ouvimos e nos lembramos, não da ferida magoada, mas da feliz cicatriz.