March 13th, 2019

rosas

notícias

morreste, foste embora
trocou-se uma ausência
por outra

os dias lá foram andando
a vida vivida como
uma doença incurável

lembro-me de ti
vez em quando
uma hora por outra

mas vejo-te ao longe
como se o teu silêncio
fosse indolor

uma leve perturbação
incómoda e aguda:
não tenho notícias
não sei nada de ti