?

Log in

No account? Create an account

flor do cacto
rosas
innersmile


Fiz nova cirurgia e estive perto de duas semanas no hospital. Há pouco mais de uma semana vim para casa, e desde então nem tenho posto o nariz fora da porta de casa. Hoje de manhã decidi ir lá baixo para ver o correio, e vi que o meu cacto tinha de novo dado flor.

A última vez que tinha acontecido foi há cerca de um ano, e falei disso aqui, em agosto do ano passado, e da intensa ligação emocional que me liga, por várias razões, alguma das quais nem às paredes confesso, a esta flor de cacto.

Vim para cima, peguei no telemóvel e fui fotografar a flor. Hoje descobri-lhe um certo simbolismo do que tem sido a minha vida nestes últimos tempos. A flor de cacto lá vai resistindo.

"Eu quero o amor da flor de cactus, ela não quis. Eu dei-lhe a flor de minha vida, vivo agitado. Eu já não sei se sei de tudo ou quase tudo. Eu só sei de mim, de nós, de todo o mundo." (João Ricardo, para a banda Secos & Molhados)