?

Log in

No account? Create an account

(de um dia para o outro regressas)
rosas
innersmile
de um dia para o outro regressas
sais da ausência velada de todos os dias
e eu volto a sentir
a necessidade de te telefonar a meio do dia
só para te dizer que estou bem, mas
no fundo, para que a tua voz me tranquilize
para acreditar que haverá saída um dia
que as coisas naturalmente se resolvem
e vão resolver-se bem
que esta noite tormentosa vai ter de acabar
e vai acabar mesmo

diz-se que todos estamos sozinhos no
momento em que nascemos e no
momento em que morremos, mas
estamos igualmente sozinhos no
momento em que o telefone toca com más notícias, ou no
momento em que, de madrugada
acendemos o candeeiro de cabeceira
para espantar os fantasmas do medo

estou sozinho no momento em que fecho os olhos e
adormeço de exaustão, é certo, mas
apenas porque me falta a tua voz tranquilizadora
a mão leve com que me afagavas os cabelos quando
deitava a cabeça no teu colo

faltam-me até, imagina, as horas em que
na penumbra do teu quarto
eu lia livros no pequeno ecrã do telefone
enquanto a tua respiração difícil
se ia despedindo de mim, com
a serena e implacável crueldade das coisas irreversíveis
Tags: