May 18th, 2017

rosas

os traços hesitantes na folha de papel

Preparas-te para os
Embates da vida. Vistos à distância,
Os traços hesitantes na folha de papel -
As palavras com que tacteias o devir -
Parecem-se com o poema
Ou a lista da mercearia.

Estás, sempre outra vez, sentado
Naquele ponto em que as margens
Já se confundem com o leito do rio.

Dir-se-ia que não aprendes.
Ou que te vais esquecendo.
Os teus olhos ainda procuram o imenso azul.
Mas os teus ouvidos já se vão habituando
Ao frágil rumor do oceano longínquo.