?

Log in

No account? Create an account

jaime fernandes
rosas
innersmile
Faleceu ontem o Jaime Fernandes, um dos homens da rádio feita em Portugal. Nas últimas duas décadas desempenhou sobretudo cargos na administração da rádio e tv estatais, com passagens ocasionais pelos microfones. Mas eu lembro-me dos tempos de ouro da rádio em Portugal, sobretudo do Programa 4 da RDP e da sua sucessora, a Rádio Comercial, e a voz de Jaime Fernandes faz parte integrante dessa memória.

Um tempo que a música que passava na rádio não era submetida a playlists, e os autores, realizadores e apresentadores dos programas não eram dj’s que de vez em quando dão notícias do trânsito e da meteorologia. Ouviam-se os programas por causa de quem os fazia e da música que neles passava.

Lembro-me bem de Jaime Fernandes ter um programa, creio que já na Comercial, que era o Música Country Música da América, que era não apenas o único programa de rádio mas o único sítio em Portugal onde se ouvia e se podia conhecer esse tipo de música.

Mas ainda antes disso, penso que ainda nos tempos do Programa 4, creio que era o Jaime Fernandes o autor do programa Dois Pontos, um tipo de programa absolutamente impensável hoje em dia: duas horas, em cada uma delas passava um álbum inteiro, um disco LP na íntegra! Era quase uma religião, no dia e à hora do programa, um tipo pôr-se em frente ao aparelho de rádio armado de um pequeno gravador de cassettes, para gravar LP’s inteiros, directamente das colunas da aparelhagem.

E a voz do Jaime Fernandes, juntamente com outras, igualmente marcantes e inesquecíveis, faz parte dessa memória da melhor rádio que se fez no nosso país.