?

Log in

No account? Create an account

the humbling
rosas
innersmile
Não se trata de um grande filme, mas The Humbling, adaptado de um livro de Philip Roth, tem qualquer coisa que anda muito perdido do cinema actualmente. Realizado por Barry Levinson (que nos anos 80 fez filmes como Good Morning Vietnam ou Rain Man), e contando com Buck Henry como co-argumentista (o autor, entre outros, do argumento de The Graduate), este filme recupera uma certa tradição de cinema para adultos, ou seja filmes de argumento, de história, sobre assuntos que interessam a adultos, nada a ver, portanto, com acção e efeitos especiais.

The Humbling traz-os ainda de volta Al Pacino, no papel de um velho actor que entra em depressão por se aperceber que está a perder as faculdades necessárias à sua arte. Pelo caminho conhece Pegee, desempenhado por uma estupenda Greta Gerwick, uma rapariga que traz à sua vida uma certa dose de loucura e desconformidade. O tom é de comédia, ainda que amargo e desiludido, mas com alguns momentos de franca gargalhada. Pacino está em forma, como sempre.
Tags: