?

Log in

No account? Create an account

ouro e cinza
rosas
innersmile
23665355

Ouro e Cinza, de Paulo Varela Gomes, é uma admirável colectânea de crónicas e artigos de jornal, maioritariamente publicados no Público. Os textos organizam-se em temas, sem ordem cronológica, que vão dos bichos e da vida no campo até às indianas, o conjunto de crónicas mais volumoso e que foram escritas quando o autor viveu em Goa.

A escrita é irrepreensível, mas o que surpreende e fascina é a liberdade de espírito do autor, e a acutilância e clareza das suas observações. PVG por vezes é implacável (aliás muitas vezes), mas nunca conseguimos deixar de sentir respeito, e até um certo temor, por essas opiniões tão categóricas, mesmo, ou principalmente, quando não estamos totalmente de acordo.

Sobretudo os textos que se referem a Portugal e aos portugueses de agora, um país e um povo acabrunhado, triste, sem chama. E o contraste com Goa, onde a memória de um Portugal grande perdura naqueles que da sua ascendência trazem a marca portuguesa. Por isso o autor refere que os melhores portugueses que conheceu não são portugueses mas sim indianos.

Este livro, pela forma desassombrada como fala de nós, da nossa realidade, do nosso dia a dia, das nossas grandezas e misérias, da nossa história e da nossa herança cultural, de maneira intensa e profunda, mas com a leveza e a brevidade de uma crónica de jornal, é imperdível, e devia ser de leitura obrigatória nas nossas escolas e universidades.