?

Log in

No account? Create an account

granta 4
rosas
innersmile
23364114

O número 4 da edição portuguesa da Granta é dedicado ao tema África. Gostei muito dos textos lusófonos, ou pelo menos de quase todos; dos que já conhecia, como Agualusa, Mia Couto (em dose dupla, texto e cartas), Luís Carlos Patraquim, Ruy Duarte de Carvalho (com textos e fotos, nomeadamente a da capa), António Cabrita (um itinerário moçambicano imperdível), José Tolentino Mendonça e Lídia Jorge, e do de Sousa Jamba, que nunca tinha lido mas fiquei com vontade de ler mais. De fora ficam os textos de Sandro William Junqueira e o de Hélia Correia, que não li.

Dos textos traduzidos, acho que gostei de todos, e de quase todos entusiasticamente. Binyavanga Wainaina fecha a revista com um texto delicioso, de humor e de conteúdo, sobre Como escrever acerca de África. Há ainda textos, em ficção ou não, de Bruce Chatwin, que serviu para matar saudades, de Nadine Gordimer, de Taiye Selasi (gostei muito), de Teju Cole, de Martin Kimani, da Chimamanda Ngozi Adichie (talvez o meu texto preferido da revista, e há livros da autora publicados por cá), e de Aminatta Forna. Como disse, todos muito bons, uma excelente selecção dos acervos da Granta original para a edição nacional. E ainda o habitual ensaio fotográfico, da autoria do angolano Délio Jasse, e ilustrações de Alain Corbel.
Tags: