?

Log in

No account? Create an account

trabalho
rosas
innersmile
pool2 pool1

De volta ao trabalho. Cheguei, e descobri que, afinal, no plano o dia de hoje ainda era de férias! Mas não me importei, particularmente no dia de hoje, o serviço ainda é um refúgio relativamente tranquilo. Tenho sorte em termos profissionais: tenho um trabalho de que gosto (é diferente de dizer que faço o que gosto; é mais do género: gosto do que faço), estou integrado numa equipa de luxo, e, de uma maneira geral, tenho excelentes colaboradores. A única coisa que me provocou uma ressaca pré-regresso de férias, é a sensação atrofiante de que não sou dono do meu tempo. O melhor de estar de férias, em especial nesta semana que passou, em que estive por casa, é ter tempo para tudo: para ir tomar o pequeno-almoço na esplanada, para dar passeios a pé com companhia, para ir tratar daquelas coisas quotidianas (ir aos correios, ao banco, às compras) sem ser em correria contra-relógio, para ir ao cinema em dia de semana sem adormecer durante a sessão. E para, como aconteceu no sábado, passar uma boa parte da tarde junto a uma piscina, no meio de um jardim escondido em plena cidade, a apanhar solinho e a beber sangria e, entre mergulhos, a pôr a conversa em dia.