?

Log in

No account? Create an account

transladação
rosas
innersmile
Confesso que não me comoveu a transladação dos restos mortais de Sophia de Mello Breyner Andresen. Partilhar a glória tumular com Manuel de Arriaga, Óscar Carmona ou Sidónio Pais, salvo o devido respeito, não torna Sophia maior poeta do que é nem ajuda a perpetuar o culto da sua poesia.

Sophia é uma das nossas maiores poetas porque, felizmente, continua a ser lida e amada pelos seus leitores. As honras de panteão nacional servem mais os vivos do que os mortos, e, além disso, podem ajudar a criar uma certa áurea de ícone pop que, com toda a franqueza, não me parece acrescentar nada à sua poesia sublime e até ajudar a esvaziá-la, na medida em que os ícones valem mais pelo seu símbolo do que pelo seu conteúdo.
Tags: