?

Log in

No account? Create an account

lá longe, onde o sol castiga mais
rosas
innersmile
Quatro dias longe deste diário, e sem vontade nenhuma de voltar a pegar nele. Para dizer o quê?

Estive quatro dias fora, no Algarve, e à medida que, no sábado de manhã, me ia afastando de casa, ia também pondo distância sobre a minha vida e recuperando a boa disposição. A melhor das companhias, e boas perspectivas que se confirmaram para as curtas férias a sul. Apanhei sol e tomei banhos de mar, ainda que gelados. Brinquei com a minha baby tudo quanto pude, e assisti a progressos que não posso contar por decoro, mas envolvem um bacio. Belas almoçaradas e um jantar de petiscos num bar de surfistas, onde fui reconhecido como o padrinho da minha baby. E voltei a beber álcool, o que não acontecia há muito tempo: sangria e vinho tinto, muito vinho tinto; e foi tão bem bebido, que nem me fez mal! Dei passeatas na praia, mas também tropecei e estendi-me ao comprido numa das passadeiras da praia da Rocha (há quantos anos não esfolava um joelho?!). Cometi uma loucura e num ato de grande destemperamento, comi uma bolinha de berlim (sem creme) na praia (que também não me fez mal).

Mas ontem à noite, ao regressar a casa, estava cá tudo, à minha espera.