May 8th, 2014

rosas

sorriso

fotografia

enquanto tudo arde à tua volta - a noite, o rio, as roupas, o teu sorriso permanece, puro e vítreo, no canto tranquilo da estante a que, subtilmente, foste chamando altar; e daí contemplas a casa em ruínas, em complacente indiferença, alheio a nascentes e despedidas, aos navios que o mar vai tragando de forma quase imperceptível, ao murmúrio das vozes que se calam, uma a uma. o teu sorriso silente.


(Malásia, novembro 2006)