?

Log in

No account? Create an account

baby
rosas
innersmile
Quatro dias de sobrinha-neta que serviram essencialmente para andar a correr atrás dela, a baixar e a levantar, a fazer brincadeiras malucas e a aturar as birrinhas, que está cheia de mimo. Antes assim. Muito stress, da minha parte, pois já falta pouco tempo para o baptizado; ela tem a vantagem de nem se preocupar com o assunto. Tive de assinar um papel a declarar por minha honra que sou solteiro e não vivo em união de facto. O que um tipo não faz por amor a uma sobrinha-neta! No domingo de manhã fomos à praia, estava uma maravilha. Foram umas duas horas de baixa e levanta. A melhor parte foi a da brincadeira a fazer covinhas para esconder os pés, muito sossegadinhos os dois.

Para além da sobrinha-neta, almocei divinamente na Rocha, no sábado, com uma amiga com quem já não estava há muito tempo. Até há alguns meses eramos amigos de quase todos os dias, agora mal nos vemos. Mas pronto, fomo-nos encontrar a sul, e aproveitei para matar saudades de um dos meus restaurantes preferidos.

Sou fã dos comboios. E o serviço de longo curso da CP funciona bem, sobretudo nos alfas (nos intercidades, já não é tão raro andarem atrasados). As duas viagens, quatro horas e picos para cada lado, fizeram-se com conforto e até com prazer. E cruzar o Tejo pendurado na ponte 25 de abril tem sempre alguma coisa de deslumbramento infantil (pelo menos para quem não o faz com frequência).