?

Log in

No account? Create an account

sue townsend
rosas
innersmile
Mal liguei a net hoje de manhã, caiu a notícia da morte da Sue Townsend. Seria hoje, eventualmente, pouco conhecida, mas nos anos 80, a ST publicou uma série de livros com relatos, sob a forma de diários, de um adolescente inglês, chamado Adrian Mole. Eu li creio que 4 dos livros da série, os primeiros. Ao contrário de Harry Potter, os sonhos e as ambições de Adrian eram bem terrenas: ele queria ser escritor e namorar com a Pandora. Tudo o resto era relativo. O cenário era, pelo menos nesses livros iniciais, a Inglaterra de Margaret Thatcher, e o diário de Adrian Mole, para além das crises próprias da adolescência, devolvia-nos intacto o espírito do tempo.

Nunca mais li nada da Sue Townsend, nem sequer os restantes livros da saga Adrian Mole (mais dois ou três, o último deles bastante recente, o Adrian Mole, que nasceu em 1967 já casado e com filhos). Mas a diversão e o entusiasmo que os diários de Adrian Mole (aos 13 anos e ¾, era assim o primeiro) são recordações impagáveis. I owe you Sue. Obrigado e boa viagem.