November 22nd, 2013

rosas

pontos cardeais

FADO DA ROSA DOS VENTOS

Procurei meu fado a norte
No frio da manhã silente
E abandonado da sorte
Voltei-me inteiro a poente

Perguntei então ao sul
À luz do seu sol ardente
Respondeu-me o mar azul
Que me chama a ocidente

Sigo os pontos cardeais
Mas volto costas a leste
Que a resposta aos meus ais
Canta, à noite, o fado oeste.