?

Log in

No account? Create an account

ursamaior
rosas
innersmile
livro24

Ursamaior, de Mário Cláudio, reúne sete histórias de prisão, ou melhor, histórias de crime e castigo, organizadas em torno de uma delas: a de um rapaz, estudante de medicina, que assassina a tiro a namorada, nos corredores da faculdade. Cada um dos personagens, o estudante, o violador, o jogador, o burlão, o transformista, o traficante, e o transviado, é apresentado através de uma narração na terceira pessoa do singular, mas depois é dada a cada um deles a possibilidade de serem narradores de si próprios e da sua própria condição. O resultado é um romance simultaneamente simples, nos seus propósitos, mas complexo do ponto de vista narrativo. Além disso Mário Cláudio está muito perto de ser um virtuoso da escrita, e este romance é, sobretudo, um fulgurante exercício de escrita literária.

A única nota negativa é para a transcrição do livro para o formato Kindle. É miserável pôr um livro destes à venda com tantos erros, tantas gralhas, que se vê perfeitamente que são de formatação e de compatibilidade entre formatos de ficheiros, sem fazer uma revisão, ou ao menos dar uma vista de olhos. É um roubo ao leitor, e uma ofensa ao texto literário e ao seu autor, ainda mais imperdoável numa grande editora com aspiração a ser uma multinacional.

rock royalty
rosas
innersmile
Não sou muito de seguir celebridades nas redes sociais, a não ser aqueles artistas ou escritores de que gosto (muito) e a quem me interessa seguir, ou para saber novidades ou pelo prazer de ir acompanhando as suas carreiras criativas, ou mesmo apenas para ter a ilusão de que partilho alguma coisa com esses meus ídolos.

Quando encontro escritores, sobretudo se são dos que gosto muito de ler, sigo as suas páginas. Mas mesmo quando não sou leitor das suas obras (por nunca ter calhado ou porque não estou para aí virado) sigo as suas presenças on-line, com uma curiosidade que não é simples cusquice, mas interesse por ver como funciona um escritor na esfera semi-privada de uma página pessoal (não falo, como é evidente, das páginas oficiais, que essas servem principalmente de fonte de informação).

Desde que me tornei utilizador do Instagram, sigo as páginas de três escritores que não leio, ou apenas li esporadicamente. Os três têm participação activa no site, e é curioso chegar a pessoas cujo ofício é escrever através de uma plataforma de fotos, ou seja que serve para mostrar. Dois desses escritores são portugueses, e o terceiro é o Salman Rushdie, de quem nunca li nada, acho eu, talvez apenas uma ou outra crónica de jornal.

O Instagram, tanto quanto eu sei, não permite guardar as fotos que os outros utilizadores publicam, e é uma pena, porque um dia destes fiquei maravilhado a olhar para a página do Salman Rushdie: uma foto em que ele está com o Lou Reed e a Laurie Anderson, no evento de lançamento de um livro do Lou Reed, e onde ainda se vislumbra, li num comentário, o fotógrafo Ralph Gibson. E na fotografia imediatamente anterior, o Salman está com a Patti Smith! The biggest of them all!

Para os utilizadores da plataforma, a página do Salman Rushdie está no seguinte endereço: http://instagram.com/salmanrushdie
Tags: