September 19th, 2013

rosas

arestas

é verdade que o tempo
suaviza arestas, arredonda
ângulos. e aos poucos
habituamo-nos ao conforto
doce de uma dor quotidiana.

mas o absurdo da tua
ausência, esse vazio
pulsante, na vertigem
indeclinável das horas.