?

Log in

No account? Create an account

fala-lhes de batalhas, de reis de elefantes
rosas
innersmile
dq-fala-lhes-de-batalhas-de-reis-e-de-elefantes

Fala-lhes de Batalhas, de Reis, de Elefantes (o título original soa ainda mais bonito: Parle-leur de batailles, de rois et d'éléphants), de Mathias Énard, é daqueles livros que nos seduzem e fascinam, para além do interesse e do gosto que desperta a sua leitura.

O livro ficcionaliza a hipótese de Miguel Ângelo ter estado em Constantinopla, para desenhar, para o Sultão Bayezid Segundo, uma ponte sobre o Corno de Ouro, e é tanto sobre a genialidade e os processos criativos, como sobre a relação entre o amor, a liberdade e a arte.

A escrita de Énard é muito evocativa, e inebria-nos na atmosfera da grande capital do império Otomano, tanto quanto o próprio Miguelagnolo se sentiu: pelos cheiros, pelas cores, pela arquitectura, pela música, pela poesia, e por uma sensualidade amorosa que desconhece a diferença entre masculino e feminino.

Um romance muito breve, mas verdadeiramente admirável, daqueles que ficam connosco mesmo depois de os terminarmos, como a recordação quase palpável de uma coisa boa que nos aconteceu.