?

Log in

No account? Create an account

motivação
rosas
innersmile
Foto0646

"E isso seria suficiente para a pessoa se tornar um escritor? Gostar de ler e de digitar palavras? José sabia que o mais importante requisito era «motivação», essa energia psicológica, essa tensão que põ em movimento o organismo humano, determinando um certo comportamento. José sabia que se o aspirante a escritor não tiver uma motivação forte escreverá quando muito alguns poemas de dor de cotovelo, alguns contos, talvez mesmo um romance, mas logo desistirá. José estava certo de que na realidade a motivação de cada escritor está essencialmente ligada à sua vida, sua experiência, desejos, ambições, sonhos, pesadelos. Não interessa o tipo de motivação, apenas tem que ser suficientemente forte."

- Rubem Fonseca, JOSÉ (Sextante Editora)


Às vezes a literatura é cruel ao ponto de parecer que está a gozar com o desgraçado leitor, que se vê, de maneira inesperada, assim desamparadamente posto a nú em frente a toda a gente que leu ou vai ler o livro.