?

Log in

No account? Create an account

kremer e brahms
rosas
innersmile


"Vou para o sofá. Primeiro aparecem as imagens do dia que passou. Deixo que sigam o seu caminho. Em seguida aparecem recordações de quando eu era pequena – ora levemente deprimentes ora suavemente estimulantes; deixo que sigam atrás das outras. Aí vem a paz. É quando ponho um disco. Depois sento-me e choro. Não choro por nada ou ninguém em especial, choro apenas. Esta vida que levo, de certo modo foi inventada por mim e é assim mesmo que eu quero que ela seja. Choro porque no universo existe uma coisa tão bela como Kremer tocando o concerto para violino de Brahms."

- Peter Hoeg, SMILLA E OS MISTÉRIOS DA NEVE (Asa)