April 23rd, 2012

rosas

the sinking of the titanic




A semana passada voltou-se a falar muito do Titanic, a propósito do primeiro centenário da tragédia no gelo do Atlântico Norte. Inclusivamente o filme de James Cameron foi reposto numa versão em 3D, que eu não fui ver, admito que por falta de paciência. Mas, a propósito do filme, não se pense que musicalmente o Titanic apenas inspirou a inenarrável Celine Dion e o seu inaufragável coração.

Esta peça do Gavin Bryars, escrita em 1972, é 'inspirada' nesse evento, mais propriamente no relato de que a orquestra de bordo não parou de tocar durante todo o tempo do naufrágio, e segundo o qual os derradeiros momentos do afundamento foram acompanhados por um hino episcopal. Eu acho-a brilhante, de uma gravidade pesadíssima, sufocante, mas ao mesmo tempo cheia de um lirismo melancólico, triste, quase despojado. Faz lembrar mulheres elegantes vestidas de branco e de colares de pérolas a mergulhar na água negra e gelada.

[Neste link, a primeira de três partes de um documentário sobre esta obra de Gavin Bryars, intitulado Sounds for The Sinking of the Titanic]