?

Log in

No account? Create an account

the debt / a dívida 4*
rosas
innersmile
The Debt é um thriller bem esgalhado, cuja eficácia resulta quase inteiramente do modo como a narrativa está organizada. É um daqueles casos que provam como a montagem é primordial na construção de uma linguagem de cinema.

Realizado por John Madden, o filme conta na verdade duas histórias: uma passada nos anos 60, em plena guerra fria, quando uma brigada da Mossad se infiltra em Berlim Oriental para identificar e raptar um antigo médico torcionário nazi, e o trazer para Israel para ser julgado; e outra, trinta anos depois, quando os três ex-agentes da Mossad começam a pagar o preço por terem mentido durante todos esses anos, quando regressaram de Berlim anunciando que a sua missão tinha sido cumprida apesar de não terem conseguido trazer o médico nazi com eles.

Apesar de os dois planos narrativos se irem alternando, o filme é claramente dividido em duas partes distintas, e o que filme consegue muito bem é nunca nos fazes esquecer da outra enquanto segue mais de perto cada uma das histórias. O que faz com que estejamos sempre muito absorvidos pelo que se está a passar no ecrã mas sem nunca esquecer que há uma outra parte da história que ainda tem de ser contada.

Não sendo propriamente uma obra-prima, é um óptimo thriller, e com a Helen Mirren e o Tom Wilkinson nos principais papeis, num cast grande e equilibrado, onde se destaca ainda o Sam Worthington, que é o meu heartthrob action hero do momento.
Tags:

o retorno
rosas
innersmile


Um retrato do que foi a situação de muitos retornados das ex-colónias, no período entre o 25 de Abril e as independências dos novos países africanos de expressão portuguesa. Mas se o tema é interessante (apesar da minha experiência pessoal de retornado ter sido um pouco diferente), e o retrato da época é quase perfeito, o livro destaca-se sobretudo pela excelente qualidade da narrativa, pela coerência da voz do narrador, pela capacidade da escrita de nos trazer para dentro da personagem que narra a sua história, ao ponto de ficarmos completamente absorvidos por ela. Tenho urgentemente que ler mais livros da Dulce Maria Cardoso.