?

Log in

No account? Create an account

queridos inimigos
ghostrain
innersmile
Leio num livro do Paul Theroux uma descrição de uma viagem de comboio através da Índia. À saída de uma determinada cidade, Theroux comenta que estava tanto calor que as pessoas saíam das suas casas e vinham dormir para a rua, por baixo das árvores. Lembrei-me logo de um conto de um livro do V.S Naipaul, Num País Livre, em que uma das personagens, um criado indiano que acaba por viajar para Nova Iorque acompanhando o seu patrão, costumava vir dormir para a rua, juntamente com os outros criados da zona.

No livro de Theroux, Sunrise With Seamonsters, há um texto sobre V.S. Naipaul. Os dois conheceram-se durante os anos sessenta, quando Theroux era professor no Uganda, e Sir Vidia foi passar um semestre na universidade, como escritor residente. Foram amigos durante muitos anos, sendo Naipaul uma espécie de mentor literário de Theroux. Até à altura em que ambos vivam e convivam em Londres e Naipaul tratou mal Theroux. Este queixa-se de ter encontrado à venda num alfarrabista livros seus que tinha oferecido com dedicatória, a Naipaul. Theroux, que nos anos 70 tinha escrito um volume de critica literária à obra de Naipaul, publicou, em 1998, uma biografia violentamente desagradável de Sir Vidia. Entretanto li há alguns meses num jornal inglês que os dois se encontraram num festival literário e fizeram as pazes.