?

Log in

No account? Create an account

fim de semana noutra cidade
rosas
innersmile
Um fim de semana em Lisboa, muito preenchido, graças à minha madrinha Sónia. Para além dos seus maravilhosos cozinhados vegetarianos, fomos lanchar, no Sábado, com a Carla e com o Nuno ao café austríaco, no Chiado, que é um dos meus cafés preferidos em Lisboa. Gosto muito de estar com a Sónia, a Carla e o Nuno, porque eles praticamente fazem a festa toda, são muito animados e inteligentes e informados, conversam muito (na realidade não se calam um pedacinho) e eu só tenho mesmo de me recostar e divertir a vê-los e a ouvi-los.

Depois fiz uma passagem desastrosa pela Fnac do Chiado, e foi má porque comprei três livros: um do Colm Tóibìn, outro do Paul Theroux, e o mais recente do Armistead Maupin da série Tales of The City. Ou seja, mais três a acrescentar à imensa fila de livros que tenho cá em casa em lista de espera. Alguém me devia pagar para eu ficar o dia todo esparramado no sofá a ler. E sim!, isto é um pedido de emprego.

Depois do desastre, para compensar, fui comer um gelado ao Santini e adorei. Para compensar um desatre com outro desastre, queria eu dizer: entre as três e as oito, almocei, comi uma fatia de tarte de framboesa com crumble de avelã (acompanhada de meio litro de limonada), e comi um gelado.

À noite fomos ao teatro, ao Dona Maria, ver uma peça excelente, Amadeus, mas disso hei-de falar noutro texto. Depois do teatro ainda fomos ao Starbucks da estação do Rossio beber um Chai Tea Latte, uma delícia. Foi a primeira vez que fui a um Starbucks em Portugal. Ontem passei a manhã na sorna e depois foi uma almoçarada com a família de Benfica (cortesia, mais uma vez, da madrinha que é, acho eu, a pessoa que eu conheço que melhor cozinha).

Apesar de hoje em dia preferir, de longe, viajar de comboio, levei o meu carro novo, para lhe dar assim um apertozinho na auto-estrada. Foi uma viagem boa e confortável, mas definitivamente prefiro mesmo o comboio. Não só é mais barato (quando se viaja sozinho) como sobretudo é mais cómodo. Duas horas, ou perto disso, agarrado ao volante e ver os outros popós, é uma seca.