October 4th, 2011

rosas

debalde



Já não basta aos polícias suecos de investigação criminal a frustração de terem de fazer certas apostas debalde, ainda por cima sofrem a humilhação e o ridículo de terem de fazer essas apostas de balde.