August 10th, 2011

rosas

imagens



«Apesar de o narrador sentir um abismo particularmente grande entre o que o rodeia e a sua concepção interior de beleza, pode dizer-se que a vida moderna se caracteriza por um certo nível de discrepância. Dada a velocidade com que ocorrem mudanças tecnológicas e arquitectónicas, o mundo pode estar cheio de cenários e objectos que ainda não foram transformados em imagens adequadas, o que poderá criar-nos alguma nostalgia por outro mundo, agora perdido, que não será forçosamente mais belo mas tenderá a parecê-lo visto ter já sido amplamente representado por aqueles que nos abrem os olhos. Existe o perigo de se desenvolver uma aversão à vida moderna, a qual poderá, em alguns aspectos, ser atractiva, faltando-lhe, no entanto, imagens de suprema importância para nos ajudarem a identificá-la.»

- Alain de Botton, COMO PROUST PODE MUDAR A SUA VIDA (Dom Quixote)