?

Log in

No account? Create an account

uma adriça é uma adriça
rosas
innersmile


«Gosto muito do mar. Sou marinheiro e navego desde sempre. Tenho um veleiro e passo muito tempo no mar. Gosto muito da linguagem do mar. É uma linguagem particularmente perfeita. No mar não pode haver duas coisas com o mesmo nome. No mar não pode haver erro. Uma adriça é uma adriça, um mastro é um mastro. É uma linguagem sonora, especializada e perfeita. No mar não há sinónimos. Não se pode dizer: puxa pela... e enganar-se. Encanta-me essa limpa e crua precisão dos termos náuticos.»

- Arturo Pérez-Reverte, entrevista à edição de JUNHO da revista LER