?

Log in

No account? Create an account

calendário
rosas
innersmile
12-11-10
Tags:

camané
rosas
innersmile
Belíssimo concerto de Camané, ontem no TAGV, integrado no tour de promoção do mais recente álbum, Do Amor e dos Dias. Que me recorde, é a terceira vez que vejo (e sobretudo ouço) o Camané ao vivo e parece que de cada vez é melhor do que nas anteriores. O fadista está em plena maturidade vocal e nterpretativa, que as naturais contenção e timidez da sua personalidade ajudam a transformar cada interpretação, cada fado, em ampolas de emoção e sentimento. Durante quase duas horas de concerto partimos para cada fado com a excitação da aventura, ouvimo-lo com a intensidade do silêncio e da oração, e saímos dele com a gratificação e o conforto de uma história bem contada. Isto, repito, em relação a cada fado, agora imagine-se o que é viver estas emoções uma e outra e outra vez ao longo de todo o concerto.

Do Amor e dos Dias não é um disco fácil, quer pelas composições escolhidas quer inclusivamente por se tratar de um disco quase conceptual, ou pelo menos dominado por um tema, o amor, e por um tom, uma certa amargura irónica. Juntando as canções do disco com fados bem seleccionados do seu repertório, Camané constrói um espectáculo de uma coerência absoluta, mas a que as abordagens aos fados e aos respectivos arranjos, nomeadamente aos que se socorrem de melodias já conhecidas, do fado tradicional, dão riqueza, diversidade e fluidez. À voz e à interpretação de Camané soma-se a riqueza dos textos, poemas que nos prendem a atenção e nos fazem de facto seguir as palavras. Por fim, os músicos extraordinários que acompanham Camané dão ao concerto a riqueza de uma experiência verdadeiramente musical, com a guitarra de José Manuel Neto a surpreender de inovação e virtuosismo. Ou seja, voz, palavras e música - a própria essência do fado.
Tags: