?

Log in

No account? Create an account

a pé
rosas
innersmile
É pungente e confrangedor pensar na imagem de um país na estrada, a pé, de bastão e colete reflector, em peregrinação a Fátima. Ontem, quando cheguei a Coimbra ao fim da tarde, a mistura da confusão do cortejo da queima das fitas, com o trânsito entupido, o estacionamento selvagem e os grupos de estudantes poisados nos passeios ao ébrio acaso, com o movimento de peregrinos na zona da estação velha, dava à cidade um ar surreal. E ainda haviam de comparecer os adeptos benfiquistas a tocar às buzinas e a agitar os cachecóis. Há horas assim, em que, qual vulcão islandês, parece que entra em erupção a demência que jaz no subsolo do nosso quotidiano.
Tags: