?

Log in

No account? Create an account

redenção
rosas
innersmile


Manhã de Domingo, fim de semana do Carnaval (e, absurdo dos corações solitários, dia de São Valentim). Acordo muito cedo, levanto o estore, à procura de um dia de azul e sol como o de ontem (as coroas de rei a abrir junto à janela da sala), mas a manhã está cinzenta, fria e baça. Feia e desinteressante, como as bancas das cozinhas. Pego no livro, à espera de redenção.