?

Log in

No account? Create an account

twitfiction #7: folhas
rosas
innersmile
"Estás mesmo a precisar de ser regada", disse a mulher, enquanto passava, num gesto ausente, a mão pelas folhas da planta de plástico.
Tags:

anúncio
ghostrain
innersmile
Já aqui escrevi (no dia 15 de Dezembro de 2004) sobre o meu amor à Patagónia. É um amor literário, e faltava-lhe, para ser completo, uma das fontes desse amor, o livro de Paul Theroux, O Velho Expresso da Patagónia, o qual, apesar do título, apenas no final se passa na Patagónia, e mesmo assim nos comboios que a atravessam. Mas é, em todo o caso, um livro sobre a Patagónia, sobre a maneira, ou melhor, sobre como é e o que é lá chegar.

Eu quero muito ir à Patagónia. Mas preciso de uma companhia para viagem. Haverá alguém aí desse lado (como se diz em moçambicano) que queira ir comigo à Patagónia? Seria projecto para concretizar, sei lá, talvez em 2012. Seria uma viagem de uns quinze dias, sim, duas semanas. E não seria uma coisa barata, é claro. Estimo que seja coisa para custar qualquer coisa entre os três mil e quinhentos e os cinco mil euros.

A meu favor posso dizer que acho que sou um bom companheiro de viagem. Adapto-me com facilidade e não sou caprichoso (tenho os meus moods, mas mesmo assim são pouco frequentes). E gosto sempre, ou quase sempre, de tudo: das pessoas, dos hotéis, das comidas. Contra mim tenho alguma limitação física, não posso dar grandes caminhadas, nem me meto em aventuras que podem exigir destreza ou resistência ou agilidade. Ah, e já não tenho idade para grandes noitadas, aliás gosto de acordar cedinho, de preferência para ver a primeira luz da manhã, que é sempre a mais bonita do dia.

Não sei se é um ponto a favor ou contra, mas sou preguiçoso, e mesmo em viagem, ou sobretudo em viagem, sou preguiçoso. Não tenho a urgência de ver tudo, ir a todos os sítios, entrar em todas as igrejas, ver todos os museus, experimentar tudo o que os outros experimentaram. Gosto de perder tempo. Gosto de passar tardes em esplanadas ou cafés, sem fazer nada, a ler ou simplesmente a olhar em redor. Gosto de estar sentado. Gosto de andar de carro e de viajar de comboio. Gosto de conforto, de casas de banho onde se possa sentar e tomar um duche de água tépida. Gosto de tomar notas em caderninhos e não gosto muito que me perguntem o que estou a escrever, ou sequer que se interessem por isso. Quando estou a escrever, basicamente gosto que me deixem em paz. Tenho bom sentido de orientação, não sou (muito) medroso, sou tímido, discreto, cortês e afável.