?

Log in

No account? Create an account

porto seguro, 2008 / 2
graças
innersmile
25 de Agosto
O pior do dia de hoje foi a chuva que quase não parou de cair.
Logo de manhã fomos visitar a comunidade índia de Jaqueira, dos indíos Pataxós. Gostei muito, sobretudo do passeio pela mata, completamente rodeados de um verde luxuriante e intenso, feito em fila indiana, um índio como guia, e o barulho da chuva a cair pesado na copa das árvores.
Não acreditei muito no projecto e na sua pureza, mas sou demasiado desinformado acerca do assunto para poder ter uma opinião. Os rapazes pareceram-me demasiado bonitos para serem verdadeiros, mais índio de novela do que bom selvagem. Mas gostei muito do sossego, da comunhão com a natureza, das galinhas pretas a debicar pelo terreiro, do chá de capim do mato, do fumo a cheirar a resina, do peixe cozinhado em folhas de palmeira.

Depois do jantar fomos à Passarela do Alcóol. Comprei uma t-shirt, preta com os dizeres 'Eu Odeio Aché Music' e comi um açaí na tigela com granola. Se não houvesse mais nada, teria sempre uma dívida de gratidão do tamanho da eternidade para com o Saint-Clair por me ter dado a provar o açaí.
Que saudades eu tinha do açaí, e que saudades eu tenho dessa noite no Rio e de estar com o Saint.

A viagem está a correr muito bem, e eu estou a gostar muito. Comparativamente com a outra vez em que estive no Brasil, agora estou mais descontraído, a gozar tudo , a desfrutar do humor e da simpatia das pessoas.
Cada vez tenho mais a certeza de que sou da metade de baixo do mundo.







Tags: