?

Log in

No account? Create an account

(no subject)
rosas
innersmile
Ai como eu queria que fosse em Mangueira



Descobri esta canção a passear pelo youtube, numa daquelas sessões em que andamos de uns clips para outros, ao sabor do acaso e das sugestões do programa. Foi aqui há uns meses, quando comprei o último disco do Seu Jorge e andava a procurar clips com as canções do álbum América Brasil.
Não conhecia a canção e, mais grave, não conhecia a Leci Brandão. Claro, já tive oportunidade de rasurar a lacuna e descobrir que a Leci Brandão é um nome gigantesco do samba e que além disso empresta muitas vezes o nome e a voz a causas sociais, nomeadamente as que se prendem com a luta contra o racismo e a homofobia.
Na origem esta canção é um samba bem marcado e há clips no youtube que o comprovam. Por isso é verdadeiramente mágico o que Seu Jorge faz nesta gravação, que julgo tirada do show que fez em conjunto com Ana Carolina. E se como samba a canção era irresistível, nesta versão de balada ('balada' no sentido português do termo, digo português de Portugal, não da língua), com a voz de poderoso veludo do Seu Jorge, é perfeita. Atravessada por uma melancolia dorida que põe em destaque o alcance social das palavras. Uma canção que nos deixa tristes a pensar num mundo melhor, que nos põe no coração uma ânsia de felicidade, de paz, de alegria.

No serviço de auto-falante
Do morro do Pau da Bandeira
Quem avisa é o Zé do Caroço
Que amanhã vai fazer alvoroço
Alertando a favela inteira

Ai como eu queria que fosse em Mangueira
Que existisse outro Zé do Caroço
Pra falar de uma vez pra esse moço
Carnaval não é esse colosso
Nossa escola é raiz, é madeira

Mas é o Morro do Pau da Bandeira
De uma Vila Isabel verdadeira
E o Zé do Caroço trabalha
E o Zé do Caroço batalha
E que malha o preço da feira

E na hora que a televisão brasileira
Distrái toda gente com a sua novela
É que o Zé bota a boca no mundo
Ele faz um discurso profundo
Ele quer ver o bem da favela

Está nascendo um novo líder
No morro do Pau da Bandeira
Está nascendo um novo líder
No morro do Pau da Bandeira