?

Log in

No account? Create an account

estação seca . 13/25
a_seco
innersmile
13

Escorrem-te pelo lado de fora as certezas, mas são chagas que ardem na carne tenra do interior dos lábios. Ao longe és um archote, irradias ousadia, mas por dentro come-te os tornozelos o fio das facas que vais recolhendo no caminho.
Onde está o teu coração? Por que farol se guia? Quando ardes, o que escolhes?
Há uma incandescência no projecto do teu voo, é verdade. Sonhas alto, aspiras a ser tão largo. Mas é a mesquinha hora que te prende, adormeces nela como nos braços de um aconchego. Escolhes, sempre, o inverso do que és. Que é, afinal, o teu eu verdadeiro. Mentes-te? Pois, mas já só sabes cantar assim.
Tags: