January 31st, 2008

a_seco

estação seca . 11/25

11

Há um desânimo que se abate sobre ti como uma dor de cabeça sem remédio. Escorre pelas paredes da tarde ensolarada e força-te as pálpebras para um sono. Sentes o escritório à tua volta? Ouves-lhe as vozes maculadas de tédio e alheamento? Não és diferente, apenas estás cheio de sono, e dentro de momentos irromperá por detrás dos teus olhos uma floresta em chamas e, por segundos, acreditarás que a dor de cabeça se esvaiu, exausta. Mas tudo recomeça, à luz branca e crua do flash da máquina fotocopiadora.