October 18th, 2007

rosas

caetano em coimbra

Parece que ainda gostei mais do concerto de Caetano Veloso ontem, no pavilhão ‘multiusos’ de Coimbra, do que já tinha gostado do de Sábado passado no Coliseu. Talvez porque, como sabia ao que ia, estava mais descontraído e desfrutei de cada canção.
O concerto foi igualzinho, claro, as canções e a sequência, as coreografias de Caetano para cada canção, as suas falas breves, até o momento em que tirou o casaco. Diferente só mesmo o momento ‘violão’, que teve, desta vez, Cucurucucu Paloma e Estranha Forma de Vida. Pelo que percebi foi o momento preferido pelo público, o que não admira, há muita gente que não conhece Cê e há muita outra que, conhecendo, não gosta desta fase roqueira e áspera do cantor.
Por falar em público, achei que durante a maior parte do espectáculo o de Coimbra foi mais caloroso do que o de Lisboa. Só correu mal no fim: o coimbrinha é ensonadito, por isso mal o Caetano fez a primeira pausa para o encore começou a debandada, que não parou quando o cantor voltou. Conclusão, enquanto o concerto do Coliseu teve um encore de meia-hora, com Menino do Rio e o Leãozinho pelo meio e uma repetição festiva de Odeio, o de Coimbra apenas teve as duas canções regulamentares.