?

Log in

No account? Create an account

scoppia il cuor
rosas
innersmile
«Liebe, liebe, liebe lei
E' un disastro se te ne va»



Seventies' galore para o fim de semana. Este clip da Raffaella Carrà mostra bem o que foi a segunda metade dos anos 70, do lado de cá dos jogos sem fronteiras: uma mistura de kitsch, trash (o eurotrash ainda estava a ser inventado) e disco.
A estrepitosa Carrà foi, durante algum tempo, e também por cá, uma espécie de rainha do sábado à noite televisivo agora a cores: muito brilho, muita cor, ritmos enlatados, corpo de baile hediondamente vestido, e a estrepitosa dançava e cantava e bailava e sacudia a bela cabeleira loira. Uma disco diva, versão eurofestival (apesar de, tanto quanto me lembre, ela nunca por lá ter passado). Divertidíssimo.
Esta canção, A Far L’Amore Comincia Tu, era uma das que eu me lembrava perfeitamente, de ver a Raffaella apresentar em programas da TVE. Acho-a saborosa, apesar de reconhecer que é do mais brega que há. Mas a língua italiana, o arranjo pomposo, o innuendo sexual, os efeitos especiais do clip, tudo isso é fantástico. Claro, para já não falar da coreografia, dos movimentos das mãos, do fato elegantíssimo, dos passinhos de dança, e, a cereja no topo do bolo, a sacudidela da cabeça para trás com a rotação das mãos a acompanhar o estouro do bombo a seguir ao 'scoppia scoppia mi sco' (a propósito, é mais ou menos isso, estouro, que scoppia significa). Devo dizer, mesmo correndo o risco de arruinar a minha já tão depauperada reputação, que a Raffaella Carrà a cantar o A Far L’Amore é das raríssimas coisas que me faria concorrer a uma noite de Lugar às Novas e, quiçá, enveredar por uma carreira de transformismo artístico (e quem me conhece pessoalmente sabe que eu tenho o corpinho para isso, sobretudo a cintura...)

«(Ahahaha) A far l'amore comincia tu
(Ahahaha) A far l'amore comincia tu

Se lui ti porta su un letto vuoto
Il vuoto daglielo indietro a lui
Fagli vedere che non e' un gioco
Fagli capire quello che vuoi

(Ahahaha) A far l'amore comincia tu
(Ahahaha) A far l'amore comincia tu

E se si attacca col sentimento
Portalo in fondo ad un cielo blu
Le sue paure di quel momento
Le fai scoppiare soltanto tu

Scoppia, scoppia mi sco
Scoppia, scoppia mi scoppia il cuor
Scoppia, scoppia mi sco
Scoppia, scoppia mi scoppia il cuor

Liebe, liebe, liebe lei
E' un disastro se te ne va
Scoppia, scoppia mi sco
Scoppia, scoppia mi scoppia il cuor
(repeat ad nauseam)»
Tags: